[Série Colossenses 4] Seja RICA... da Palavra! Reflexões em Colossenses 3:16,17


Série Colossenses – Parte 4 (Para a parte 1 clique aqui) (Para a parte 2 clique aqui) (Para a parte 3 clique aqui)

Quem quer ser rica? Perseguir riquezas pode não ser um bom negócio. Geralmente quem procura ficar rico acaba caindo em várias ciladas (I Tm 6:9). Mas a riqueza da qual estou falando é de outra natureza. É uma riqueza que as Escrituras lhe encorajam a buscar: seja RICA da Palavra de Deus!

Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo. Colossenses 3:16

O quanto você conhece da Palavra do seu Deus? Quantas vezes você já leu a Bíblia toda? Qual a sua rotina de estudo bíblico intencional e disciplinado? Quanto da Palavra você tem memorizado?

Você pode não ter muito controle sobre o quão rica é em algumas áreas (financeira, etc), mas tem responsabilidade de ser RICA da Palavra de Deus.

Historicamente as mulheres foram deixadas de fora da responsabilidade de pensar sobre a sua fé. Muitas vezes as mulheres foram vistas como incapazes e dispensadas da responsabilidade de estudar e se aprofundar no conhecimento da Palavra de Deus. Esse tipo de pensamento encontra ecos ainda hoje em nossos corações. Muitas de nós internalizaram a crença errada de que não podemos, não somos capazes, não precisamos ou não devemos pensar sobre os fundamentos da nossa fé – deixamos isso para os pastores e líderes.

1.Poucas mulheres sabem verdadeiramente no que creem. Nunca pararam para refletir sobre suas reais crenças e convicções. No que você crê? Quem é Deus para você? O que é ser uma mulher para você? Será que suas crenças estão de acordo com o que diz as Escrituras?

2.Muitas mulheres tem uma teologia de segunda mão. Conhecimento de ouvir falar, mas não de buscar diretamente nas Escrituras – não leem Bíblia, não oram, não leem bons livros, não vão à escola dominical, não aproveitam as oportunidades.

3.Poucas mulheres aplicam ou sabem aplicar suas crenças à sua vida cotidiana. O que a santidade de Deus tem a vez com a forma como eu me visto? O que a provisão de Deus tem a ver com a forma como eu gasto meu dinheiro?

O exemplo de Cristo em seu ministério aqui na terra corrigiu muito dessa visão errada, resgatando o plano original do Criador no qual homens e mulheres devem buscar conhecer Deus em profundidade. O ensino de Cristo com relação à mulher aponta para alguns princípios fundamentais:

Possibilidade: somos convidadas e autorizadas pelo próprio Deus a aprender mais dele.
Postura: somos convidadas e autorizadas a estarmos aos seus pés, como verdadeira discípula.
Prioridade: acima de qualquer outra tarefa, está o nosso relacionamento e o conhecimento do nosso Deus
Profundidade: somos capazes de aprender em profundidade sobre o nosso Deus.
(Veja este estudo completo clicando aqui)


Devemos ser ricas da Palavra de Deus a fim de conhecermos o nosso Deus e de estarmos aptas a ensinar e aconselhar outros. Nosso conhecimento não deve morrer em nós mesmas. Ele deve servir para a edificação dos que estão à nossa volta (v. 16,17)

Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seus corações. Colossenses 3:16

Ensinai e aconselhai!

O fato de Deus não ter projetado que as mulheres assumissem a responsabilidade pelo ensino formal e autoritativo a homens na igreja não isenta a mulher da responsabilidade de cumprir o que diz nesses versículos. O fato dela não estar autorizada a assumir o cargo do ministério pastoral não significa que ela não pode ensinar de modo algum. Muito pelo contrário. Existem diferentes formas através das quais as mulheres devem ensinar e edificar o povo de Deus. Sem querer ser exaustiva nesse ponto, quero chamar a atenção para um ministério específico, claramente ordenado pelas Escrituras e fortemente negligenciado por nós mulheres – o ministério de ensino entre mulheres.

Ministério de Tito 2:3-5

Tito 2:3-5 dá às mulheres a responsabilidade de ensinarem umas às outras. O ensino formal da igreja, desenvolvido pelo pastor e pelos líderes é essencial. Mas a verdade é que nem todos os problemas específicos da nossa vida cotidiana como mulher são tratados na igreja, no culto de domingo à noite. Quem já ouviu alguma pregação sobre o fruto do espírito na tpm? Sobre os desafios da menopausa para a mulher? Alguns problemas nos sentiríamos mais à vontade para compartilhar com outras mulheres. Por outro lado, mulheres experientes podem ensinar e ajudar em questões que somente elas, sendo mulher, já experimentaram. Esse ministério é maravilhoso e fundamental. Não é à toa que Deus o autorizou.

As próprias mulheres podem identificar melhor suas preocupações cotidianas. E é por isso que é necessário conhecer a Palavra, tê-la guardada em nosso coração, ser transformada por ela. É somente assim que saberemos fazer a ponte entre as verdades que aprendemos através das Escrituras e as questões que enfrentamos no dia-a-dia e assim ajudar outras através do ensino e aconselhamento.

Como sentimos falta de mulheres RICAS da palavra. Mulheres sábias com quem podemos nos aconselhar, capazes de nos ensinar sobre as verdades de Cristo. Como sofremos pela falta de mulheres ricas da Palavra, cheias de sabedoria do alto, capazes de nos aconselhar a respeito daqueles problemas próprios da feminilidade.

E como prejudicamos à igreja de Cristo quando negligenciamos a responsabilidade de conhecer profundamente o nosso Deus, de ter um relacionamento íntimo com Ele, de crescer em sabedoria. Nós não cumprimos o nosso papel essencial de ensinar e aconselhar outras mulheres por falta de conhecimento – e todas sofremos.

No versículo 17 encontramos uma preciosidade que se repetirá mais à frente (3:23).

Tudo o que fizerem, seja em palavra ou em ação, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai. Colossenses 3:17

As Escrituras nos lembram de ajustar o nosso foco. Tudo o quanto fizermos, seja em palavra, seja em ação, deve ser feito em nome do Senhor.

GRATIDÃO! Mais uma vez aqui vemos se repetir a ênfase encontrada por todo o livro – tudo deve ser feito com o coração cheio de gratidão pela obra de Cristo em nós (v. 17)

Que o Senhor nos ajude a sermos RICAS da Palavra, em toda sabedoria, a fim de crescermos em nossa vida cristã e de estarmos prontas para ajudar os que estão ao nosso redor através do ensino e aconselhamento.

Abraço carinhoso,
Renata Veras

Reflita sobre isso:

Em uma escala de 1 a 10, como você avalia o seu conhecimento das Escrituras? Peça a Deus para fazer brotar em seu coração o desejo de aprender mais sobre Ele.

Qual a sua frequência de leitura da Bíblia?

Quais resoluções práticas podem lhe ajudar a amar e estudar mais a Palavra de Deus? (Caderno devocional, tempo especial)
Você se considera uma pessoa apta para ensinar e aconselhar outras? Se sente preparada para isso?

Com que frequência você tem exercido a responsabilidade de ensinar e aconselhar outras mulheres?

Como você pretende aperfeiçoar a si mesmo a fim de cumprir essa responsabilidade?

You Might Also Like

4 comentários

  1. Sempre um texto bom e desafiador!!!Deus continue te inspirando. Bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Erica! Fico feliz que o texto tenha falado com o seu coração.
    Obrigada pelo incentivo. Continue sempre por aqui.
    Beijo grande, Renata.

    ResponderExcluir
  3. Nossa maior riqueza,a Palavra! Deus nos ajude a sermos mais compromissadas, pois temos motivos de sobra pra isso!
    Ótimo texto Renata, Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, Camila!
      Abraço carinhoso,
      Renata Veras

      Excluir

Popular Posts