Mulher dependente de homem está perdida?


"Mulher dependente de homem está perdida", disse a mulher bem sucedida que brilha nas mídias internacionais.

Ouvir uma afirmação como essa, sem dúvida alguma, mexe com os nossos 'brios', principalmente os nossos, de mulher casada, que vive a submissão bíblica, que se dedica aos filhos, ao marido e ao lar, que decidiu depender de seus maridos.
Mas será que precisamos nos preocupar? Estaremos nós perdidas?

Provérbios 31:25 diz que a mulher sábia sorri diante do futuro. Creio que da mesma forma que eu rio ao ler um declaração descabida como essa.

Autonomia e independência estão, sem sobra de dúvidas, nas raízes do nosso coração rebelde. Esse desejo de tomar as rédeas da existência nas mãos é materializado, em sua versão feminina, pelas ideologias feministas. No coração da ideologia feminista está o problema da autoridade. Admitir qualquer tipo de dependência é sinal de fraqueza e de vulnerabilidade. No caminho para a conquista do seu lugar ao sol a mulher precisa gritar a plenos pulmões: nos bastamos! Somos capazes! Somos autossuficientes!

Esse grito feminino por independência ecoa mais forte nos ouvidos daqueles que estão mais próximos, nossos semelhantes masculinos. O desprezo pelo casamento, pelos métodos convencionais de concepção e pelo projeto tradicional de família são manifestações de uma tentativa desesperada de negar a necessidade e a importância de qualquer coisa além de nós mesmas.

Se carregamos em nosso coração maculado pelo pecado essas tendências megalomaníacas, precisamos voltar às origens e admitir que não foi assim que Deus planejou. Deus não nos planejou para a independência. Nem para a independência com relação aos homens e nem para a independência com relação a Deus.

Fomos criadas para depender de homens.

Um texto extremamente claro com relação ao caráter de mutualidade e de cooperação intencionada pelo criador para o relacionamento entre homem e mulher está em I Co 11.

“No Senhor, todavia, a mulher não é independente do homem, nem o homem independente da mulher. Pois, assim como a mulher proveio do homem, também o homem nasce da mulher. Mas tudo provém de Deus.” 1 Coríntios 11:11,12

No próprio relato da criação fica claro o aspecto de dependência entre homem e mulher. O homem não estava completo, não estava bem enquanto estava sozinho. Não era bom que o homem estivesse só.

Então o Senhor Deus declarou: "Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda". Gênesis 2:18

Mas não é preciso muito conhecimento teológico para entender que homens e mulheres dependem um do outro. Basta pensar que para que você viesse à existência você precisou de material genético masculino. No dia-a-dia sabemos dos benefícios de poder depender de alguém.

“Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Eclesiastes 4:9-12

Lutar pela independência absoluta e alimentar o espírito de rivalidade, competição e desprezo de um sexo por outro sempre leva a perdas e prejuízos para ambos.

Nós fomos criadas para depender do Homem

Esse grito de independência feminino não se destina apenas aos homens que estão ao nosso redor, mas é um grito que, antes e acima de tudo, se direciona para o alto, contra o Criador do homem e contra o Filho do Homem.

No centro da ideologia feminista está a busca por uma Autonomia e uma liberdade feminina total e a todo custo. E para a mulher alcançar toda a autonomia e liberdade almejada é necessário negar não apenar alguma necessidade ou solidariedade com o sexo masculino, mas também qualquer ideia de um Deus lhe dizendo quem ela é e o que ela deve fazer.

- Dependemos da perspectiva do nosso Criador para entendermos nosso lugar, nosso valor, nosso propósito nessa vida. Dependemos do Filho do Homem para tudo na vida.

‘Pois nele vivemos, nos movemos e existimos’ Atos 17:28

- Dependemos de Cristo porque tudo foi feito por meio dele e para ele.

“Pois, assim como a mulher proveio do homem, também o homem nasce da mulher. Mas tudo provém de Deus.” 1 Coríntios 11:12

- Dependemos dele porque Ele sustenta todas as coisas

“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.” Colossenses 1:16,17

- Dependemos dele porque é através dele que temos acesso ao Pai, porque pela sua obra somos perdoadas, reconciliadas e transformadas em novas criaturas.

“Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados.” Colossenses 1:13,14

- Dependemos dele e um dia prestaremos contas.

“Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más”. 2 Coríntios 5:10

Nós podemos depender dos homens porque, antes de tudo, dependemos do Filho do Homem.

Algumas pessoas costumam falar que a cultura cristã coloca a mulher em uma posição de extrema vulnerabilidade. O casamento, a submissão ao marido, a liderança masculina em questões financeiras e familiares tornam a mulher passiva, à mercê dos gostos e decisões de homens que estão longe de serem perfeitos.

Dependência e submissão são bençãos projetadas para um relacionamento de cooperação e mutualidade onde as cargas são divididas e a vida se torna mais leve exatamente porque o Criador sabe que não é bom estar só. Graças ao projeto divino podemos, por exemplo, desfrutar da dependência financeiramente dos nossos maridos enquanto nos dedicamos aos nossos filhos e ao nosso lar.

E se o meu marido me abandonar? E se ele me trair? E se ele morrer? Se ele me maltratar?

Quando entendemos o nosso lugar e o nosso papel no mundo e pautamos a nossa vida observando os princípios de feminilidade projetados pelo criador (vivendo de forma ativa e produtiva, desenvolvendo aquilo que Deus nos deu, sendo boas mordomas, aproveitando as oportunidades, organizando nossas prioridades e buscando viver para a glória de Deus) podemos desfrutar da dependência sem temer o futuro. E não apenas porque estamos preparadas para enfrentar os revezes da vida e confiamos em nossas capacidades ou em nosso próprio braço (Jeremias 17:5), mas porque temos a confiança de estarmos no centro da vontade de Deus, confiando em sua vontade soberana e debaixo do seu cuidado de amor.

Sem sombra de dúvidas não temos garantias em nenhum relacionamento. Somos pecadores e vivemos numa realidade caída. Os relacionamentos entre homens e mulheres não estão livres dos efeitos do pecado. Homens e mulheres podem trair a confiança um do outro, ambos podem abandonar ou morrer. Mesmo assim os planos divinos para o homem e para a mulher não mudaram e na segurança e dependência que temos em Cristo podemos desfrutar das bençãos de poder depender.

- Podemos depender de outros homens porque confiamos no plano do Criador e podemos obedecer

- Podemos depender de outros homens porque Deus não é bom estar só.

- Podemos depender de outros homens porque, no final das contas, dependemos inteiramente de Deus e tudo é cuidado, sustentado e controlado por Ele.

Mulheres que não dependem de homens estão perdidas.
Estão perdidas porque perdem a benção de dividir as cargas, porque não é bom estar só.

Mulheres que não dependem do Homem estão perdidas.
Estão perdidas porque é nEle que vivemos e nos movemos. Porque toda nossa existência, nessa vida e na vida futura está nas Suas mãos.

Por isso eu tranquilizo meu coração e digo a mim mesma: posso prazerosamente depender de um homem porque, no final das contas, dependo confiadamente do Filho do Homem.

Abraço carinhoso,
Renata Veras

You Might Also Like

1 comentários

  1. Amém!!! Eu dependo do meu marido e estou muito feliz por isso.

    ResponderExcluir

Popular Posts